Digite usuário e senha.
Usuário:
Senha:
 

Esqueceu sua Senha?

Ainda não é cadastrado?
para ter acesso a resultados de exames e conteúdo exclusivo.
Contato

  Você está aqui: Página Principal » Informações » Notícias  
 


Mudar Tamanho do Texto: A a

LAFORVET também investe na pesquisa acadêmica

A XIV Semana Universitária da UECE, realizada durante os dias 09 a 13 de novembro de 2009, teve mais de 2.500 trabalhos inscritos. O Laforvet, sempre buscando contribuir com o desenvolvimento da medicina veterinária cearense, esteve presente ao evento com dois trabalhos de pesquisa. Os temas abordados foram: infestação por Linxacarus radovskyi em gatos (mais conhecida como sarna do gato) procedentes de Fortaleza e um estudo sobre a ocorrência de Dirofilariose canina (vulgarmente chamada de doença do verme do coração) no Ceará.

A Linxacariose é causada por um ácaro que parasita o pêlo do gato, daí ser mais conhecida como “sarna do gato”. O parasita pode causar lesões de pele e coceira. Já foi detectado em vários estados brasileiros: Rio de Janeiro,Rio Grande do Sul,São Paulo,Pernambuco,Pará,Rio Grande do Norte, Paraíba, Espírito Santo e também no Ceará, requerendo atenção nos problemas de pele de gatos, principalmente nos da raça Persa, como demonstrou o estudo realizado pelo Laforvet.

A Dirofilariose é causada por um parasita que cresce e se reproduz no coração do cão, daí ser conhecido vulgarmente como “verme do coração”. Este parasita pode atingir 30 cm de comprimento. Várias espécies de mosquito tem sido incriminados como possíveis transmissoras da doença, inclusive o mesmo mosquito causador da dengue(Aedes). O parasita pode causar lesões no coração, pulmão, fígado, rins, olhos e outros órgãos.

Esta doença está distribuída no mundo todo, especialmente nas zonas costeiras. No Brasil há relatos no Rio de Janeiro, Paraíba, Bahia, Alagoas, e também no Ceará como demonstra o estudo realizado pelo Laforvet. O estudo indica que o Ceará inspira cuidados, pois é também uma zona de risco, e que os cães devem ser testados quanto à presença desta parasitose através de exames laboratoriais de rotina.

Para a ciência, os trabalhos publicados figuram mais um degrau alcançado pela pesquisa acadêmica. Para o Laforvet, os estudos apresentados representam um compromisso firmado com a Medicina Veterinária e com os médicos veterinários do Estado do Ceará. E para os clientes Laforvet, fica a certeza de que a prática aliada à teoria é um quesito a mais para garantir a qualidade dos serviços oferecidos.

Dica Laforvet: Para que essas doenças não saiam do papel, leve seus animais para fazerem exames regularmente. Seu amigo agradece!

Texto: Mirelle Costa
Colaboração: Christiane Myrta


 

Laforvet © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Boom! Digital